Em Destaque

Osasco: Metalúrgicos atrasam entrada em fábricas, contra a reforma da Previdência

February 23, 2018

A segunda-feira, 19/2

 

, começou com muita luta na região, com manifestações em portas de fábrica, panfletagens em estações e atos nas portas de postos do INSS. Tudo isso em protesto unificado contra a Reforma da Previdência, organizado pelos sindicatos de Osasco e região, incluindo os metalúrgicos.

 

Em empresas como Meritor, Dinatécnica, New Oldany, Prodec, entre outras, o expediente começou mais tarde porque os metalúrgicos aderiram ao protesto organizado pelo nosso Sindicato. Entre eles, a preocupação era generalizada. “Acho terrível. Você não vai se aposentar e, se conseguir, o que vai ganhar só vai dar para comprar remédio”, avaliou um companheiro da Meritor.

O Sindicato alertou que essa situação só tem chances de ser revertida se houver empenho e pressão de todos. O governo corre atrás dos votos para colocar o projeto em votação e a intervenção no Rio de Janeiro pode ser uma tática para acelerar o processo, já que Temer promete suspender o decreto só para colocar a reforma da Previdência em votação. “Não vai ter espaço de discussão, para emendas, vai querer aprovar do jeito que está, outro golpe contra os trabalhadores”, alertou Mônica Veloso, vice-presidente do nosso Sindicato e da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos).

Por isso, não há outro caminho que não a luta. “Precisamos estar atentos: se for colocado em votação, precisamos ter resposta rápida. Colocou para votar, é greve”, defendeu o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almazan.

Diálogo – Além das manifestações nas portas de fábrica, o Sindicato também reforçou as panfletagens em estações da CPTM espalhadas pela região, em conjunto com sindicatos de outras categorias. Com isso, foi possível dialogar com os trabalhadores e a avaliação também é de que Temer não convence ninguém com suas mentiras. “Fico revoltada. Acho que o Brasil tem mais problemas. Mexer na Previdência não vai resolver a crise. Tinha de mexer com os impostos; mas, pelo contrário, eles estão procurando tirar do nosso bolso”, desabafou Carmen Leite, desempregada.

Também houve protestos nas portas dos postos dos INSS de Barueri, Carapicuíba e Itapevi. À tarde, os sindicatos e trabalhadores da região participam do ato na Avenida Paulista, marcado para as 16h, no vão livre do Masp.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Desconto no Passaporte do Wet´n Wild

September 19, 2017

1/1
Please reload

Últimas Notícias

November 12, 2019

September 16, 2019

December 12, 2018

November 28, 2018

October 26, 2018

Please reload

Tags

Please reload

Siga-nos

  • Facebook do Sindicato

Sede: Rua São Pedro, 313

Centro - Bragança Paulista - S.P. CEP 12900-060
Fone: (11) 4033-2105

Sub-Sede: Rua João Paulino dos Santos, 244 - Jd Atibaia Atibaia - S.P. - CEP 12940-750 Fone: (11) 4412-2147

  • Facebook Social Icon
  • https://www.youtube.com/channel/UCcN
  • Google ícone social Places
  • Google+ Social Icon

Copyright 2017 - Netto Propaganda